sábado, 28 de fevereiro de 2015

NOVO PUMA

Falei aqui que um "novo" Puma estaria sendo construído.
A coisa parece estar andando.
Em foto publicada no site aparece a maquete da carroceria sendo "esculpida" em madeira em escala 1:1.


sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

CAMARO 1968

Meu amigo e mecânico Eduardo me mandou estas belíssimas fotos do Camaro 1968 revisado por ele e que já está de volta à garagem de sua feliz proprietária.










quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

PUMA GTS 1975 - TESTE

Não escondo de ninguém minha admiração pelo Puma, tanto é que tenho 3, vejam aqui
Sempre que encontro alguma matéria sobre o "felino" publico no Autos Clássicos.
A edição nº  180  de julho de 1975 da revista 4 Rodas traz o teste do Puma GTS , este seria o último ano em que o GTS/GTE viria com o chassi do Karmann Ghia, pois a VW iria descontinuar a fabricação do modelo. 



À partir de 1976 o Puma já viria com chassi da Brasília.
Mas vamos ao que dizia o teste.
A mecânica VW, no caso um 1.600 cm³ com dupla carburação e 71 cv, nunca esteve à altura deste esportivo. Já no início da matéria isso fica bem claro: " O Puma GTS pretende ser um Gran Turismo e, analisando sob este prisma decepciona, logo no primeiro contato, pela falta de potência."


Apesar da boa estabilidade, já que o entre-eixos do Karmann Ghia TC é encurtado em 25 cm, ótimos freios e pneus radiais o GTS não chega a impressionar como esportivo.



Os números, se comparados ao VW SP2 e ao Karmann Ghia TC, até que são superiores:
Velocidade máxima:
Puma GTS                  VW SP2             Karmann Ghia TC
153,52km/h                 150,62 km/h        137,40 km/h

Mas tanto o SP 2 quanto o TC nunca foram exemplos de potência.

Fabricado sobre a plataforma do VW Karmann Ghia TC encurtada em 25 cm, carroceria em fibra-de-vidro reforçado duas portas, dois lugares. Motor 1.600 cm³ e dupla carburação Solex 32 que rendem 71 cv a 4.700 rpm com taxa de compressão de 7,2:1 com uso de gasolina comum. Na época se indicava usar 1/2 gasolina comum e 1/2 gasolina azul. Aceleração de 0 a 100 km/h em 15,1s.
Rodas de magnésio de 5,5 polegadas e pneus 165/70/14 na dianteira e 185/70/14 na traseira. Opcionalmente poderia vir com rodas traseiras de 7 pol.
Pesando 730 kg e com um baixo coeficiente aerodinâmico, o GTS era muito econômico e chegava a fazer mais de 13 km/l, marca superior ao VW Sedan 1300 que fazia 12,7 km/l.
Claro que em um esportivo o que se espera é potência, não economia...
Apesar de ser um carro feito "artesanalmente" o acabamento nunca foi o forte dele. A capota feita sob medida para cada carro nunca foi um primor, e agua e poeira entram ser serem convidadas, apesar de ter sido elogiadas no carro testado.


A posição do volante, segundo a revista, também deixa à desejar, pois está em uma posição muito horizontal, o que dificulta a "pegada". O teste ainda detectou um angulo de abertura das portas muito pequeno; o reflexo do painel no pára-brisas foi apontado também como um defeito; as alças do fechamento da capota estariam em uma posição perigosa, bem na direção do centro da cabeça de motorista e passageiro.
Ao que parece o teste apontou mais defeitos do que qualidades. 
Como sou suspeito em falar até vejo algumas pequenas "falhas" mas no geral acho o carro excepcional.


Em julho de 1975 o Puma GTS custava Cr$ 62.042,00; Puma GTE Cr$ 61.703,00; MP Lafer Cr$ 64.521,00; VW SP 2 Cr$53.555,00; VW Sedan 1300 Cr$ 28.128,00.




 

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

CARROS INESQUECÍVEIS DO BRASIL -36º E 37º

O 36º fascículo de Carros Inesquecíveis do Brasil traz o Alfa Romeo 2300 1975


O 37º fascículo traz a Chevrolet 3100 Pick Up 1958


SUPER BUGGY GLASPAC 1972 - FORA DE SÉRIE



A Glaspac, Indústria de Plástico Reforçado Glaspac Ltda., que tinha sua fábrica na rua Manoel Preto,  870, Santo Amaro, São Paulo, especializada em peças de fibra de vidro reforçado, fundada em 1962 e conhecida por fabricar o Buggy Glaspac resolveu, no ano de 1972, produzir o Super Buggy Glaspac.
A revista 4 Rodas fez, em sua edição nº 145   de agosto de 1972 um teste com o belo protótipo.
O buggy, como tantos outros fora de série, usava a combinação mecânica/chassi VW com carroceria em fibra de vidro reforçado.


O que diferenciava este Super Buggy era seu visual arrojado, com portas tipo Lamborghini e motor que poderia vir com configuração de até 2.000 cm³.


Internamente tinha um painel completo com contagiros, velocímetro, termômetro de óleo, marcador de pressão do óleo, amperímetro e vacuômetro. Bancos basculantes em forma de concha forrados de courvin . Santoantonio fixo se estende sobre a traseira servindo de moldura para o vidro traseiro.
Pára-brisas inclinado favorece a aerodinâmica, o vão entre o pára-brisas e o santoantonio pode ser fechado por uma pequena capota de fácil manuseio. Por se tratar de um protótipo algumas modificações foram apontadas e seriam feitas para melhorar o carro, como capota em fibra e janelas laterais em plexiglass.
O Super Buggy podia ser vendido em forma de Kit por Cr$ 10.000,00, onde chassi, motor e suspensão ficavam por conta do comprador, ou se optasse por uma mecânica 0 km o valor poderia chegar aos Cr$20.000,00. O Bugre SS custava Cr$ 19.000,00; o Tecno M 73 Cr$18.500,00.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

JAGUAR HERITAGE CHALLENGE SERIES

Se você tem um Jaguar produzido antes de 1966 vem ai boas notícias.
Foi lançado o Jaguar Heritage Challenge Series, uma competição dividida em cinco categorias : XK; sedãs anteriores a 1966; C-Type; D-Type e XKSS.
Inicia em 02 de maio e vai até 31 de agosto com as provas nos seguintes locais:

02 a 04 de maio : Donington Historic Festival
16 a 17 de maio: Silvestone International ( Circuit Gran Prix)
11 a 13 de julho: Brands Hatch Super Prix ( Circuit Gran Prix)
7 a 9 de agosto: Nurburgring Oldtimer Gran Prix
29 a 31 de agosto: Oulton Park Gold Cup




Mais informações aqui

MOTOR DE PISTÕES OPOSTOS

Dia destes me deparei com o diagrama de um motor muito interessante. Trata-se do motor de pistões opostos. É uma configuração de motores de combustão interna onde dois pistões estão alojados no interior de cada cilindro. A transmissão da força é feita em dois virabrequins situados nas extremidades destes cilindros.
A disposição dos cilindros pode ser horizontal com os virabrequins situados nas laterais, ou vertical com um virabrequim situado no carter e outro na parte de cima do motor.




Um exemplo de motor de pistões opostos. 1 Admissão de ar-combustivel 2 Compressor 3 Coletor de admissão 4 Válvula limitadora de pressão 5 Cambota de saída (Funciona com um atraso de 20º em relação à outra, para alcançar um diagrama de controlo assimétrico) 6 Cambota de entrada 7 Cilindro com os orifícios de admissão e exaustão 8 Coletor de exaustão 9 Camisa de arrefecimento 10 vela




Foto: Wikipedia


segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

QUE CARRO É ESSE?

O Carlos Hirsch me enviou e-mail com a foto deste carro que vai fazer parte de um livro de memórias.
Ele me perguntou se eu sabia qual a marca e modelo.
Também não sei .
Alguém sabe?


VII CAMPEONATO BRASILEIRO DE RALLY DE REGULARIDADE HISTÓRICA - CBR 2015

Boa notícia aos amantes de rally de regularidade para "antigos".
A Federação Brasileira de Veículos Antigos-FBVA, entidade máxima do antigomobilismo nacional, juntamente com os clubes federados locais, está organizando o VII Campeonato Brasileiro de Regularidade Histórica -CBR 2015.
Serão quatro provas:
1- 09/05 Lages/São Joaquim,SC /(VCC Lages-SC;)
2-13/06 Rally da Serra -Porto Alegre-RS/ (Classic Car Club-RS)
3-15/08 Brasília,DF/Goiânia,GO/ (CVA GO/Veteran Brasília)
4-07/11 São Paulo,SP(Alfa Romeo Clube do Brasil)

Preparem suas maquinas e pé na estrada!!!



Mais informações no site da CBR

2º ENCONTRO DE ANTIGOS MIRAGE- RIO NEGRINHO-SC

O 2º Encontro de Antigos Mirage, de Rio Negrinho-SC, teve sua data alterada devido ao mal tempo.
Segue o que disse Cládio, um dos coordenadores do evento:

"NOVA DATA 15/03
Amigos devido ao mau tempo que assola nossa cidade a mais de uma semana fomos obrigados a transferir a data do nosso evento, como o evento é ao ar livre a grama esta encharcada e não oferece condições de proporcionar um evento a altura de nossos amigos, contamos com a compreensão de todos e com a presença de todos no dia 15/03, só reiterando o acesso é todo asfaltado, e no dia será servido almoço na Mirage ao valor de 25,00 por pessoa, não cobramos ingresso nem de expositores e nem do publico. E se possível avisem seus amigos da mudança da data.

ENCONTRO DE ANTIGOS MIRAGE
47-3644-3154
47-8909-3539

CLAUDIO"