domingo, 28 de agosto de 2011

PUMA GTE 1974 - RESTAURAÇÃO

Em agosto de 2010 comecei a procura por um Puma GTE. Minha preferência eram os fabricados até 1975 primeira série, os chamados "Tubarão" que tem as entradas de ar laterais lembrando as guelras .
Depois de muito procurar fiz uma lista dos melhores e dentre eles escolhi um Puma GTE 1974 de Curitiba - PR.
Consultei meus amigos Andrés Pesserl e Felipe Nicoliello  que me disseram achar que era o melhor carro entre os que eu havia encontrado.
Entrei em contato com o Wilson, antigo proprietário, combinamos o preço e lhe disse que iria até Curitiba com uma carreta/plataforma para ver o carro. Caso eu não gostasse do carro o máximo que poderia acontecer era eu pagar o frete e não trazer carro nenhum.
Na foto eu  com o Wilson (direita).

Não chegamos a conversar mais que 5 min. O carro, como eu já imaginava pelas fotos que o Wilson havia me mandado, era maravilhoso.
Foi só o trabalho de colocar o GTE na carreta/plataforma.
Nas conversas que tive por telefone com o Wilson ele havia dito que possuía as rodas originais e que viriam junto com o carro. Eu já imagina o GTE voltando à originalidade.

Chegando em Criciúma procurei pneus nas medidas certas 165x70x14 na dianteira e 185x70x14 na traseira, o problema é que não fabricam mais estas medidas. Apenas a Michelin faz o 165x65x14 e 185x65x14, que são os mais próximos. Então foi os que coloquei no carro.

Usei o carro por uns tempos pra matar a vontade, mas..., sempre aquele "mas" era hora de trazer o GTE de volta a sua originalidade.
Conversei com o estofador, mecânico, montador Magal e em abril de 2011 acertamos que ele iria desmontar o carro pra iniciar a  restauração.



Carro desmontado era hora de ir para a pintura na Fibrauto, empresa especializada em fibra-de-vidro.



 Como a fibra era muito boa não deu trabalho nenhum, a não ser reabrir o buraco que dá acesso à vareta da marcha.
 E refazer a curva do cano de descarga.
A cor não foi difícil de escolher. Meu amigo Felipe Nicoliello me passou o telefone do Rubens Rossatto, que possui toda a documentação da Puma, fornecendo inclusive o "Certificado do Registro de Fabricação de Veículos Marca Puma" , onde constam todos os dados do carro inclusive a cor : Branco.
Eis o certificado do meu GTE.

Como a Puma antes de  1976 não possuía uma catálogo próprio de cores, as cores usadas eram as das montadoras nacionais. No caso do branco era o Branco Lotus usado pela VW.




Carro pintado era hora de levá-lo de volta à oficina do Magal. E olha ele ai no volante.
Nesse meio tempo comprei da Puma Classic Parts algumas peças que faltavam no carro.
As calhas e o console.

 A soleira do motor.

 O volante original consegui na internet.
 O pára-choques de aço inox o Felipe conseguiu em São Paulo.

 As dobradiças do capô traseiro feitas pelo meu amigo Leandro.
 Os vidros das portas. Um dos que estavam no carro quebrou na desmontagem. Tive que comprar novos.
O meu GTS 1978 conferindo a chegada do GTE na oficina do Magal.
 O antigo proprietário havia colocado o freio de mão numa posição um tanto quanto inusitada. Em frente à alavanca da marcha. O Magal soldou o túnel e recolocou o freio no devido lugar.
O local correto do freio de mão.

 Todo o carpet foi trocado pelo carpet "cabelo de nega".
 O gabarito para as bolsas laterais.
 Os forros de porta refeitos com base em medidas originais.
 As laterais traseiras também no padrão original.
 O carpet. Trabalho de primeira do Magal.
O cofre do motor recebeu nova borracha de vedação .
 Peças do motor sendo preparadas para pintura.
 Os carburadores foram limpos e os kits trocados.
 A "capela" pintada na cor cinza como era no Puma original.
 A soleira do motor da Puma Classic Parts.
O porta-malas recebeu especial atenção. O tanque de combustível foi pintado na cor original, a mangueira do suspiro colocada de maneira a fazer uma curva para diminuir o cheiro da gasolina. O reservatório de água do esguicho não é original mas o mais próximo que consegui (o Magal tinha um guardado).

A proteção do tanque de combustível, feita pelo Magal.
As calotinhas.
 A colocação dos pára-choques.
 O emblema Puma GT 1600 foi cromado novamente e o Magal pintou o GT em vermelho.

E finalmente o carro pronto.















Já restaurei alguns carros, mas este em especial me deu um grande prazer.
Me trouxe as lembranças da juventude, o prazer de trazer de volta à originalidade um clássico como o Puma GTE e em função do carro criei o blog Autos Clássicos.
Gostaria de agradecer ao Andrés pela ajuda na escolha do carro.
Ao  Magal pelo excelente trabalho na restauração do Puma GTE. Além da paciência comigo ele não mediu esforços para realizar o trabalho com dedicação e capricho.
Agradeço também ao Felipe Nicoliello da Puma Classic http://www.pumaclassic.com.br/  pela ajuda, pelo incentivo, pelas críticas e pelos elogios. Ele que se diz "padrinho" da criança quando postou as fotos do carro já restaurado http://www.pumaclassic.com.br/2011/08/puma-de-amigo-gte-1974-branco-lotus.html !
Muuuuuuuuuito obrigado!

9 comentários:

  1. Grande Mazinho!! Me dá uma satisfação enorme sempre que vejo um clássico voltando à originalidade Parabéns pelo excelente carro e parabéns pelo ótimo trabalho de restauração.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde! Mazinho que belo trabalho, ficou perfeito.. a cor simplesmente ficou d+ .. da gosto ver um puma assim !!! Parabêns pela restauração!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Graaaaaande trabalho Mazinho!!!
    Parabéns pelo capricho nos detalhes, que sem dúvida valorizam o resultado final. E claro, parabéns ao Magal e a todos os envolvidos na empreitada.
    E agora, qual vai ser o próximo?
    Forte abraço,
    Irapuã

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Mazinho, agora pela publicação, porque ao GTE, eu já tinha dado quando ele foi estrela no Puma Classic.

    ResponderExcluir
  5. Luciano, obrigado pelos elogíos nossa alegria é mesmo trazer de volta à originalidade esses antigos.
    Cézar, gosto muito de carro branco e o fato dele ter saido da fábrica nesta cor ajudou.Obrigado.
    Biiiiiiig Irapuã, a gente faz o que pode e o Magal, Andrés, Felipe dividem comigo os méritos.O próximo vai ser apartamento, a mulher se "aparta" de mim se eu não der um tempo.rsrsrs
    Felipe, publicar uma restauração é o que mais gosto no blog, mais uma vez obrigado.
    Graaaaaaande abraço!

    ResponderExcluir
  6. Diferenciado. Parabéns e Graaaaaande abraço!

    ResponderExcluir
  7. teria contato do amigo que fez as dobradiças pois possuo um buggy kadron original que usa essas dobradiças e gostaria de faze-las para meu buggy meu contato mkgv@globo.com ou watts 013-98146-5771

    ResponderExcluir