sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

FORA DE SÉRIE - FARUS ML 929

O Farus ML 929 trazia algumas inovações em relação aos fora-de-séria da época como chassi monobloco tubular em aço estampado e motor central transversal, que lhe dava um comportamento praticamente neutro em relação à estabilidade. A carroceria em fibra de vidro era arrojada e tinha um desenho limpo tendo nos faróis embutidos seu maior diferencial.
Usando motor Fiat Racing de 1297 cm³, o mesmo que equipava o Fiat Rally, gerava 75 CV, mas em função do peso, 932 kg do carro, sua velocidade final chegava apenas a 147 km/h e levava longos 17,7 segundos para alcançar os 100 km/h.
Interior bem acabado o Farus possuía painel completo com velocímetro, conta-giros, indicador de nível de gasolina, temperatura de água, manômetro de óleo, termômetro de óleo e voltímetro. Vidros e espelhos elétricos, radio AM/FM com toca-fitas e espaço para ar-condicionado (opcional).
Rodas de liga leve aro de 13 polegadas e tala de 7 polegadas, pneus 185/70 SR 13, freios a disco nas quatro rodas e suspensão McPherson independente nas quatro rodas.




O nome Farus significa Família Russo, Alpio (pai) e Giuseppe Russo (filho) donos de uma empresa de maquinas para produtos alimentícios em MG, ML de Maria Luiza (mãe de Alfio e a data de nascimento dela 1929).
Com uma produção mensal de até 10 unidades o modelo chegou a ser exportado para a Alemanha e Africa do Sul.
Em novembro de 1981 o Farus ML 929 custava Cr 1.866.284,00, o Fiat 147 TOP( que usava a mesma mecânica do Rally) Cr$ 863.170,00, o VW Passat LS Cr$ 1.023.042,00.

Fotos: Revista 4 Rodas

Um comentário:

  1. Com mecânica de 147, esse carro devia ser uma bomba que nem Bin Laden queria...

    ResponderExcluir