terça-feira, 18 de outubro de 2011

FORA DE SÉRIE - PUMA GT 1600 AFRICANO

Alguns aficcionados pelo Puma sabem que desde 2007 o Puma GT 1600 está sendo fabricado na Africa do Sul.
Comentei com alguns amigos que ficaram surpresos com a notícia, então aqui vai a história.
Em 1973 a Puma Veículos e Motores S.A. licenciou a Bromer Motors Assemblies, uma empresa Sul Africana,  que em dois anos produziu cerca de 350 carros e depois parou.
Em 2007 Jack H. Wijker da Puma Marketing voltou a produzir o Puma utilizando chassi de fuscas usados. Na Africa do Sul eles foram produzidos com o chassi do fusca, diferentemente do Brasil que até início de 1976 utilizava o chassi do Karmann Ghia e à partir do segundo semestre de 1976 utilizou o chassi do VW Brasília.
Os moldes existentes na Africa do Sul são do modelo GTE 1973, o dito "Tubarão", mas existem algumas diferenças dos produzidos no Brasil. 
Externamente a maior diferença está justamente nas entradas de ar laterais, que deram a este modelo o "apelido" de Tubarão, as quais foram retiradas para dar lugar a uma pequena janela, e entradas de ar sobre o capô traseiro.
Internamente o que se vê é o volante do lado direito, na Africa do Sul se usa a "mão-inglesa".

Veja mais no site da empresa http://www.pumacars.co.za/ e também no blog Puma Classic http://www.pumaclassic.com.br/search/label/Puma%20%C3%81frica%20do%20Sul

Veja a tabela de preços dos carros hoje na Africa do Sul em Rande (moeda sul africana) e ao lado o preço convertido em reais.

Um comentário:

  1. O surpreendente é saber que lá eles fabricavam Pumas com motor 1300.

    ResponderExcluir