quarta-feira, 23 de março de 2011

FORA DE SÉRIE - WMV

Outra vez a fórmula mecânica VW/carroceria em fibra de vidro.
Projetado por Wladimir Martins Veículos, daí o nome, no Rio de Janeiro, bairro de Cascadura, que o próprio construtor dizia ter linhas semelhantes às da Maserati 75.
Utilizava mecânica do VW Brasília que lhe rendia 65 CV.
Com bom acabamento interno, tendo bancos de couro, painel completo com termômetro de óleo, vacuômetro, pressão de óleo, voltímetro, amperímetro, além de conta-giros, velocímetro e relógio de horas. Vinha equipado também com um rádio-toca-fitas AM/FM.
Faróis escamoteáveis, faróis de milha, vidro traseiro térmico e vidros elétricos nas portas.
Porém como a maioria dos fora-de-série que utilizava mecânica VW não tinha um desempenho condizente com sua característica esportiva.



Lançado em 1978 custava Cr$ 240.000,00 quase o preço de um Puma GTB Cr$ 258.490,00.
A VW Brasília que lhe emprestava a mecânica custava Cr$ 79.431,00.

3 comentários:

  1. O comprimento desse carro difere de tudo o que se produzia na época, ou seja, ele media 4,90 m !

    ResponderExcluir